Quarteto Vintage

O Quarteto Vintage integra alguns dos mais representativos músicos de uma magnífica geração de clarinetistas portugueses. Os seus elementos possuem uma sólida carreira profissional e foram premiados em numerosos concursos em Portugal, Espanha, República Checa, Roménia, EUA e Japão.

Depois de quase uma década de existência, aborda já um repertório muito alargado, desde a Música Antiga, passando pela Música Barroca, Clássica, até à Música Contemporânea e Popular.
Explorando sempre as várias possibilidades idiomáticas do instrumento, o Quarteto Vintage utiliza os vários tipos de clarinete, nomeadamente a requinta, o cor de basset e o clarinete baixo.
A interpretação de obras acompanhadas por instrumentos de percussão surge na constante procura de novos ambientes e coloridos tímbricos - o percussionista Luís Arrigo colabora regularmente com o Quarteto.

Com inúmeros concertos realizados, destacam-se as participações nos eventos: Noites de Massarelos, Festival Internacional de Música - Jovens de Gaia, Festival Foz do Cávado, ClarinetFest 2005 (Tokyo-Japão), Festival do Palácio da Bolsa 2006, Encontros Internacionais de Música de Guimarães, ClarinetFest 2007 (Vancouver-Canadá), Dias da Música - Belém’08, EURORADIO 2008, European Festival for Clarinet Ensembles (Gent-Bélgica), ClarinetFest 09 (Porto) e Festival de Música de Grosseto (Itália).

Em 2009, O Quarteto foi premiado no I Concurso Internacional de Música de Câmara Cidade de Alcobaça.

O Quarteto Vintage tem vindo a desenvolver um projecto educativo direccionado para a divulgação e desenvolvimento do instrumento. Neste âmbito, evidenciam-se as masterclasses orientadas em:
Albergaria - a - Velha, Esposende, Pevidém, com um relevo especial para a masterclasse orientada em Abril de 2010 em Espinho, com o clarinetista espanhol, Enrique Perez Piquer. Esta masterclasse ficou marcada pela estreia mundial da versão para quarteto de clarinetes e solista do Quinteto de Mozart K 581.

O Quarteto dedica particular importância à experimentação sonora, à criação de novas obras e ao diálogo com os compositores. Foram-lhe dedicadas as peças: Ostinando de Bruno Ribeiro, Fado a Quatro e Tributo a Zeca de Vítor de Faria e a adaptação para quarteto de clarinetes, marimba e vibrafone da peça de Luís Tinoco Short Cuts, estreada no seu primeiro álbum com o solista internacional Pedro Carneiro.

Em Setembro de 2010 estrearam a ópera Serrana-Fragmentos de Vítor de Faria.
Acima de tudo, o Quarteto Vintage pretende criar uma nova sonoridade, capaz de proporcionar verdadeiros momentos de música.
Os membros do Quarteto Vintage são artistas Buffet Crampon e Vandoren.

Quarteto Vintage - www.quartetovintage.com
©2015 | Design - Grau de Imaginação | Fotografia - Susana Neves